Governo de Goiás

Secretaria de Estado de Governo

Procure o que você precisa:
Sábado, 20 de Janeiro de 2018
Notícias
Alunos do Goiás Sem Fronteiras relatam “experiência inesquecível”
18/12/2017 10h12

Os 125 alunos do Programa Goiás Sem Fronteiras que participam de curso de imersão na New Jersey City University (NJCU), nos Estados Unidos, estão encantados e empolgados com a qualidade do curso e a chance de conhecer um mundo novo de oportunidades. A intensa carga horária de aulas não diminui o deslumbramento dos jovens, que já pensam mesmo na possibilidade de continuar os estudos em uma universidade norte-americana.

É o caso de José Neto, de 18 anos, aluno da rede estadual de ensino em Goiânia. O pouco tempo livre que tem entre uma e outra aula o jovem dedica-se a investigar programas de bolsas de estudos nos EUA. Apaixonado por computadores, ele faz planos ousados: “A Universidade de New Jersey é tudo o que eu imaginei. Meu sonho agora é voltar aqui para concluir o ensino superior. Vou pesquisar programa de bolsas para cursar computer science (ciências da computação) ou software engeneering (engenharia de softwares).”

Neto, assim como muitos de seus colegas, não consegue esconder o encantamento com a experiência de viver em uma sociedade diferente que, segundo ele, sempre o inspirou. “É a realização de um sonho. Estou conseguindo ter uma imersão melhor na cultura americana que eu gosto tanto”, afirmou. Ele também destaca o carinho e a curiosidade dispensada pelos colegas norte-americanos e pelos professores da New Jersey City University: “ Todos são muito receptivos conosco.”

Na segunda semana de estudos na NJCU o período matutino foi reservado à disciplina de Global Leadership (liderança global). A matéria enfoca o empreendedorismo moderno, o relacionamento interpessoal no mundo globalizado e possibilidade de transformar em universais aspectos empresariais e culturais da regionalidade de cada estudante. Em suma, ensina que as culturas, crenças e os comportamentos da aldeia são cada vez mais globais e objetos do interesse do mundo, abrindo um campo de grandes oportunidades na vida e nos negócios.

E o turno vespertino reservado ao ensino da língua inglesa. A primeira parte destina-se à preparação dos garotos e garotas para o TOEFL (Test of English as a Foreign Language), exame dificílimo que atesta a proficiência do estrangeiro na língua inglesa, título exigido pelas instituições acadêmicas dos Estados Unidos dos alunos de outras nações. Na segunda parte, os alunos são submetidos ao Intensive English, ou seja, a imersão na língua com ênfase na gramática, nas expressões idiomáticas e na conversação.

O jovem Lucas Fernandes Almeida, 17 anos, alunos do CPMG Miriam Benchimol Ferreira, de Goiânia, acompanha com muito interesse não apenas o conteúdo programático das disciplinas, mas também a convivências no ambiente no câmpus. Na opinião dele, os professores da NJCU são muito capacitados. “Além da questão pedagógica, tem sido uma oportunidade de ter experiências inesquecíveis e que não teríamos sem um programa como o Goiás Sem Fronteiras”, reconhece.

O superintendente da Juventude do Governo de Goiás, Leonardo Felipe, que acompanhou in loco a primeira semana de atividades, relata que os internos do programa pouco saem do ambiente universitário. Mas destaca que isso não limita as perspectivas dos jovens de interação com a cultura local e as pessoas. “É contagiante a alegria e a disposição dos alunos com essa oportunidade única que, seguramente, fará imensa diferença nas suas vidas e no aprendizado”, avalia Leonardo.

Aluna da rede estadual em Senador Canedo, a intercambista Ana Carla Moreira Miranda, de 17 anos, celebra o que considera ser uma “oportunidade incrível” com potencial para mudar a vida dela. “Esse programa é muito mais do que só conhecer Nova York e Nova Jersey. Estamos tendo a chance de acrescentar muito na nossa vida profissional e pessoal com as palestras e as aulas que estamos tendo”, entusiasma-se.

O programa

O programa Goiás Sem Fronteira enviou este ano aos EUA 125 alunos da rede pública estadual selecionados por meio de prova. O curso intensivo de um mês será concluído no dia 22 de dezembro, quando embarcam de volta a Goiânia, a tempo de que passem o Natal com a Família. A ambição da Secretaria de Governo, gestora do programa, é de enviar outros 150 alunos no ano de 2018.

“É nosso desejo e também do governador Marconi Perillo. A partir dessa experiência pioneira vamos avaliar formas de melhorar o programa e dar início à nova etapa. O Goiás Sem Fronteiras é indubitavelmente um projeto inovador e que vai permitir não só aos estudantes evoluírem intelectualmente e como pessoas, mas vai ajudar o Estado de Goiás a ingressar numa nova era de modernidade”, acredita o secretário Tayrone Di Martino.

Rua 82, n° 400, CEP 74083-010, Palácio Pedro Ludovico Teixeira, 6º andar, Centro - Goiânia - GO

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento